12/05/2015

Concurso Nacional de Leitura

 Os alunos do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, pela quarta vez consecutiva, demonstraram ser dos melhores leitores a nível distrital.
 No âmbito do PNL (Plano Nacional de Leitura), no dia 23 de abril, Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, seis alunos do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, André Martins, Lígia Rodrigues e Fernando Ferreira (3º ciclo); Elsa Rocha, Mariana Oliveira e Joana Lourenço (Ensino Secundário), participaram na segunda fase, a nível distrital, do Concurso Nacional de Leitura, que se realizou no Parque de exposições, em Braga, com a organização da Biblioteca Municipal Lúcio Craveiro.  
 Atendendo à necessidade de promoção da leitura nas escolas, a Comissão Organizadora do Plano Nacional de Leitura – em articulação com a RTP, com a DGLB (Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas) e com a Rede das Bibliotecas Escolares – promoveu, mais uma vez, no ano letivo de 2014/2015, a 9ª edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL), aos quais o Município de Braga e a Biblioteca Municipal Lúcio Craveiro se associaram na qualidade de responsáveis pelas Provas do Distrito de Braga. Com o objetivo de estimular a prática da leitura como forma de conhecimento e de lazer entre os alunos do 3ºCiclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, o concurso pretende motivar os adolescentes para a leitura de obras literárias e estimular o convívio entre leitores.
            No dia da realização das provas, num ambiente de algum nervosismo e muito otimismo, as professoras Albertina Sousa e Inês Gonçalves, com a colaboração da professora Bibliotecária, Célia Ferreira, acompanharam os alunos participantes que mais uma vez estão de parabéns pelo empenho e entusiasmo demonstrados na forma como representaram o Agrupamento. Em 500 alunos, aproximadamente, uma das alunas participantes, Elsa Ferreira, incorporou o grupo dos cinco finalistas.
Pela quarta vez consecutiva, os alunos do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro demonstraram ser dos melhores leitores a nível distrital.
            De regresso a Terras de Bouro, a satisfação de todos mostrava claramente que foram alcançados todos os objetivos deste concurso.
Resta agradecer à Direção da Escola e ao Município todo o apoio prestado para que este concurso se realizasse.  



Sem comentários:

Publicar um comentário