23/02/2013

Escrita Criativa na EB1 /JI de Rio Caldo

Reconto escrito da dramatização da história "O nabo gigante", realizada no dia 21 de fevereiro e dinamizado pela professora Manuela com a colaboração especial da professora Luzia Guerra.

O nabo gigante
"Era uma vez um casal de idosos que viviam numa casa no cimo de um monte com muitos animais domésticos. O velhinho e a velhinha tinham uma vaca, dois porcos gordos e barrigudos, três gatos pretos, quatro galinhas sarapintadas, cinco gansos e seis canários amarelos.
Um dia, decidiram semear várias hortaliças: cenouras, feijões, ervilhas, batatas e nabos.
Quando chegou a primavera, o nabo estava gigante e o idoso puxou, puxou, mas o nabo não saiu. Então foi chamar a idosa; eles puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. De seguida foram buscar a sua vaca; eles puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. Foram buscar os dois porcos gordos; puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. Então foram buscar os três gatos pretos; eles puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. De seguida foram tirar da capoeira as quatro galinhas sarapintadas; eles puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. Então foram buscar os cinco gansos; todos puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. De seguida foram buscar os seis canários e juntos puxaram, puxaram, mas o nabo não saiu. A idosa pensou, pensou e teve uma ideia. Foi à cozinha buscar queijo e colocou-o numa ratoeira. Um pequeno rato esfomeado apareceu e a idosa pegou nele e levou para o fundo da fila. Todos puxaram, puxaram e o nabo finalmente saiu.
Para comemorar a idosa fez uma sopa deliciosa de nabos e todos comeram principalmente o ratito!"
Reconto escrito 
E.B1/JI de Rio Caldo

Sem comentários:

Publicar um comentário